Aprenda sobre a Bíblia

Início » Artigos, estudos e dicas » Oração é coisa séria – Parte 1

Oração é coisa séria – Parte 1

Por Diego Nascimento*

Por mais que orar pareça algo fácil ainda encontraremos pessoas inabilitadas à essa missão. Enquanto alguns não acreditam na eficácia do “falar com Deus” outros caíram no comodismo e trocaram o joelho no chão por horas na frente da televisão e da internet. São nesses momentos que relembro a incrível façanha dos Moravianos.

Quem eram? Uma comunidade cristã-evangélica situada numa extensa área da antiga europa, atual República Tcheca. Os Moravianos adotaram um estilo de vida totalmente oposto ao hedonismo**, capaz de chamar a atenção de grandes vultos da história a exemplo dos pastores Charles e John Wesley.

O que aconteceu? Em 1727 os Moravianos iniciaram uma reunião de oração ao estilo relógio. Assim como os ponteiros da máquina de marcar o tempo aquele grupo criou uma escala de revezamento de forma que os momentos de agradecimento, intercessão e contrição não fossem interrompidos. Se você acha que isso é algo normal nas Igrejas certamente mudará de ideia ao saber que esse ciclo durou um século. Isso mesmo: 100 anos de oração ininterrupta. Imagine quantas gerações passaram por lá nessa memorável atitude?

Os primeiros capítulos do livro de Gênesis mostram que a oração era uma prática regular na vida do povo. Mais do que comum na vida do servo de Deus (pelo menos deveria ser assim) o clamor ao Senhor dos Exércitos remonta ao início da humanidade. No mesmo livro, capítulo 4, verso 26 temos o primeiro registro que trata do tema: “Também a Sete nasceu um filho, a quem deu o nome de Enos. Nessa época começou-se a invocar o nome do Senhor. Depois disso há, pelo menos, outros 649 registros de oração em toda a Bíblia.

Uma das mais notáveis características da oração é que nenhum equipamento ou advento tecnológico é necessário para que uma prece seja feita. O simples coração quebrantado, o fechar os olhos e o foco em Cristo pode trazer cura, direção, refrigério, respostas e muitas outras coisas que façam parte da vontade soberana de Deus. “Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós.” (Efésios 3:20)

E quanto aos Moravianos? Grandes coisas aconteceram tempos depois, mas a continuação dessa incrível jornada será revelada no próximo artigo.

Até lá e que Deus te abençoe!

* Diego Nascimento é presbítero da I Igreja Presbiteriana de Lavras (MG)

** Hedonismo: prazer a qualquer custo.

Anúncios
abril 2017
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
%d blogueiros gostam disto: