Aprenda sobre a Bíblia

Início » Artigos, estudos e dicas » Como anda a sua consciência ecológica?

Como anda a sua consciência ecológica?

Por Diego Nascimento*

Faz algum tempo que comecei a observar o comportamento dos pássaros nas áreas urbana e rural. Preciso dizer que a coloração das penas, o formato dos bicos e especialmente o canto mostram o cuidado que Deus teve ao criar o mundo em que vivemos. Trocar o som da buzina dos carros, do aparelho de ar-condicionado, da televisão alta ou dos ruídos do WhatsApp pela sinfonia entoada por um bando de aves é simplesmente incomparável.

No exato momento em que eu produzia esse texto pude ouvir espécies diversas oferecendo um louvor agradável aos ouvidos do Criador. Os canários dominavam o coro, claramente ditando as notas musicais. Ao mesmo tempo em que embalei meus pensamentos na imensidão ecológica recordei dos maus-tratos que inconsciente ou conscientemente exercemos sobre a fauna e a flora mundial. Minha consciência pesou ao lembrar de coisas simples que vão desde o destino da água que lavamos a louça às atrocidades televisionadas dos desastres ambientais resultantes de uma gestão irresponsável ora pública, ora privada.

Por mais que tenhamos documentos que por força da lei nos ofereçam propriedade sobre uma faixa de terras precisamos recordar que “não somos donos de nada. ” Gerações futuras também precisam desfrutar das belezas que enxergamos na atualidade. Sei que muitas delas já se tornaram apenas lembranças fotográficas nas páginas de livros de biologia, mas por opção, temos a chance e o dever de mergulhar de cabeça no significado do verbo cuidar.

A Palavra de Deus é bem clara quanto ao nosso papel em tudo isso. O livro de Gênesis registra uma das responsabilidades de Adão a respeito do que estava à sua volta. O capítulo 2, verso 15 diz: “E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar. ” Desde o início recebemos a permissão de fazer uso do meio ambiente, mas com o devido cuidado sobre tudo.

Encerro dizendo que nunca fiquei tão animado em ver a lixeira do meu carro tão cheia de papéis. Isso significa que há menos lixo nesse vasto lar que chamamos de Terra. A responsabilidade que temos com um simples papel de bala lançado pela janela é a mesma que uma usina tem com os resíduos líquidos e sólidos que não podem ser depositados no solo e nos rios. Dadas as suas proporções entenda que o registro de Salmos 150: 6 “Todo o ser que respira louve ao Senhor” enfatiza a diversidade e a amplitude da criação. Você e eu fazemos parte dessa história. Dar o exemplo é uma questão de testemunho de vida.

  • Diego Nascimento é presbítero da I Igreja Presbiteriana de Lavras (MG). Para conhecer outros textos acesse diegonascimento.com.br
Anúncios
janeiro 2017
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
%d blogueiros gostam disto: