Aprenda sobre a Bíblia

Início » 2016 » novembro

Arquivo mensal: novembro 2016

Anúncios

Viagem pelo tempo

Por Diego Nascimento

A era da informação traz benefícios muito positivos e tudo depende da escolha que fazemos. Nessa linha quero convidar você a aprofundar seus conhecimentos na Palavra de Deus. Concordo que temos inúmeros livros preparados por servos de Cristo e que trazem interessantes abordagens sobre os fatos do Velho e do Novo Testamento.

Quero dar destaque à viagem pelo tempo que a Bíblia proporciona. O que pouca gente sabe é que os livros, nas versões tradicionais, não estão organizados de acordo com a data de ocorrência dos acontecimentos. Somente uma Bíblia na ordem cronológica (imaginem o trabalho que isso deu aos que se lançaram a essa tarefa) pode oferecer esse quebra-cabeças que nos direciona ao plano de Deus para a humanidade e traz um enredo temporal para cada evento. Minha coleção pessoal tem uma publicação assim e garanto que é uma jornada inesquecível.

Independente do tipo de Bíblia que escolher recomendo que comece a leitura e o estudo agora mesmo. Apenas a Palavra Daquele que criou o mundo e enviou o próprio filho para morrer por você traz o que há de mais precioso: a salvação!

Com as bençãos de Deus,

Equipe EBD

I Igreja Presbiteriana de Lavras (MG)

 

Anúncios

Andando para trás

Por Diego Nascimento

A cada dia que converso com adolescentes e jovens do meio cristão percebo que detalhes bíblicos que aprendi na infância não fazem parte do “pacote de conhecimento” que muitos julgam estar transbordando nessa nova geração. Há quem está mergulhado em literaturas complexas que discutem a ação de Deus mas não são capazes de contar uma história simples para um grupo de crianças.

Em um mundo cada vez mais superficial vejo gente abrir mão da leitura de um jornal por uma atualização na linha do tempo do Facebook. Trocam informações consistentes pelo ‘disse me disse’ das redes sociais ou das conversas sem conteúdo compartilhadas em cada esquina. Isso é preocupante pois tem invadido as igrejas.

Quando ministro palestras costumo dizer que todo bom comunicador precisa estar apto a falar com quem coleciona certificados e, ao mesmo tempo, com quem jamais teve a chance de frequentar uma escola. O Evangelho também é assim. Quando Jesus nos desafia com o “Ide por todo o mundo” ELE não descreve o perfil do público, dando um exemplo claro de que o saldo da conta bancária, a marca do carro ou o endereço não definem quem será alvo do evangelismo. Precisamos estar prontos!

Uma aparente intelectualidade sobre a Teologia Reformada não pode superar as parábolas ensinadas por Cristo e que impactavam idosos, adultos e crianças. Agora pense comigo: será que estamos andando para trás nas ferramentas e na forma de ensinar a simplicidade do Evangelho? Em uma era em que o relativismo tem dominado ainda há espaço para uma coletânea de histórias bíblicas que refletem integridade, domínio próprio e amor ao próximo?

Pensemos nisso!

Com as bençãos de Deus,

Equipe EBD

I Igreja Presbiteriana de Lavras (MG) 

 

Abandonados

Por Diego Nascimento

Essa semana li uma triste matéria que trata de pais abandonados pelos filhos. São pessoas idosas que por causa das limitações físicas são alvos de pleno desprezo. O texto contava de homens e mulheres que, após uma longa jornada de vida se doando pela família, não desfrutavam mais de diálogos com os filhos; estes, em grande parte, se irritavam facilmente pelo modo lento do pai ou a mãe caminharem, por não ouvirem direito um simples “o almoço está pronto” e necessitarem de repetições para entender uma mensagem … até casos de salas de espera foram relatados: enquanto esperavam pelo médico, o idoso precisava dar as mãos à solidão, enquanto o filho direcionava sua atenção para um celular.

Recordo que na infância ouvi o seguinte ditado: “1 pai cuida de 10 filhos mas 10 filhos não cuidam de 1 pai.” Eu costumo dizer que cinco minutos de conversa podem salvar a vida de alguém. É fato que a velhice traz uma série de desafios mas devolver uma fração do amor por quem cuidou de você é uma orientação bíblica. O livro de I Timóteo, capítulo 5, versos 3, 4 e 8) diz: “Honra as viúvas verdadeiramente viúvas. Mas, se alguma viúva tem filhos ou netos, que estes aprendam primeiro a exercer piedade para com a própria casa e a recompensar a seus progenitores; pois isto é aceitável diante de Deus. Ora, se alguém não tem cuidado dos seus e especialmente dos da própria casa, tem negado a fé e é pior do que o descrente”.

Minha recomendação de hoje é: aprenda a ouvir e abandone a impaciência. Seus pais, mesmo idosos, necessitam ser abraçados pelo mais profundo sentimento criado por Deus.

Com as bençãos de Deus,

Equipe EBD

I Igreja Presbiteriana de Lavras (MG)

Onde está a minha inteligência?

Por Diego Nascimento

Certa vez tive a oportunidade de testemunhar uma pessoa questionando os reais motivos da crença em Deus, alegando que estamos na era pós-moderna, marcada pelo acesso fácil à informação e enfatizando que os conhecimentos oferecidos pela Ciência superam e muito o que a Bíblia ensina. Também vi gente dizendo que “se você acredita na influência divina em nosso mundo demonstra total falta de inteligência.”

Agora pense comigo: se acreditar em Deus e buscar o aprendizado bíblico é falta de inteligência, então os seguintes nomes que citarei devem ter feito um péssimo trabalho simplesmente porque professavam sua fé em Cristo. São eles: Louis Pasteur, o renomado químico e micriobiologista francês que foi responsável pela descoberta da pasteurização no leite, George Washington, Abraham Lincoln e Jimmy Carter (ex-presidentes norte-americanos), o físico Michael Faraday, pai da lei que leva seu nome, Samuel Morse (inventor do telégrafo), Charles Bells (o primeiro a mapear o cérebro e o sistema nervoso), Isaac Newton (físico e matemático), Robert Boyle (pai da Química Moderna) e mais uma lista enorme de nomes célebres que marcaram e ainda fazem história nas mais diversas áreas do conhecimento secular.

As opiniões se diferenciam entre as pessoas e o respeito é o pilar para um mínimo de equilíbrio entre os relacionamentos. Tenho Cristo como referência prioritária em minha vida e busco viver NELE a cada decisão, mas nem por isso desqualifico a imagem daqueles que não desfrutam dessa alegria. Afirmo e reafirmo: eu trocaria todos os diplomas e certificados que tenho por uma intimidade ainda maior no que diz respeito ao conhecimento da Palavra de Deus. Foi ELE quem criou o mais perfeito sistema de vida que mesmo com os avanços nas descobertas do DNA, a tal avançada Ciência ainda não conseguiu copiar.

Reflita!

Com as bençãos de Deus,

Equipe EBD

I Igreja Presbiteriana de Lavras (MG)