Aprenda sobre a Bíblia

Início » Artigos, estudos e dicas » Tapa na cara

Tapa na cara

“Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 8:35-38″

Somos cristãos. Somos crentes em Cristo e nossa fé, aplicada em nossos corações pelo Seu Espírito, nos dá a certeza disto. Cremos em um Deus Todo-Poderoso que fez o céus e a terra e que pode todas as coisas. Para Deus nada é impossível. Isto nos leva a uma questão: crer neste Deus onisciente, onipotente e onipresente é garantia que todas as mazelas da vida e os sofrimentos aqui serão sanados? Ou, do que adianta crer nEle, se Ele não resolve o meu problema?

A pergunta é: E quem disse que Deus tem [a obrigação de] que resolver os nossos problemas?! Ele se agrada em nos abençoar, claro; mas será que estas bênçãos são somente aquelas que damos um ar de grandiosidade? Mas, então, e aquelas pequenas coisas e bênçãos que nem vemos?

A bem da verdade, é claro, nem tudo nesta vida entendemos. As muitas lutas, sofrimentos, “neuras”, problemas, são numerosas. E não adianta buscar respostas para muitas delas, pois nunca chegaremos entender. Lógico que não podemos e nem devemos ser insensíveis à dor alheia. Um cristão, sofre, como qualquer outro, pois ele não é super-homem, não é um super-crente, somente porque é filho de Deus.

Um cristão real chora com os que choram, se alegra com os que se alegram e estende a mão à quem precisa, pois Cristo nos deixou exemplos para isto nas Sagradas Escrituras.

Diante de certas situações na vida, não são milagres e sinais prodigiosos que me fazem louvar a Deus e que me tiram um “Wow, isto é maravilhoso. Louvado seja Deus”. São milagres pequenos, mesmo que não vejamos e não percebamos. Deus está fazendo bem a nós à todo momento. Tudo contribui para o nosso bem, e nosso bem eterno. Você consegue perceber que Ele está fazendo bem à você neste exato momento?

Fui surpreendido pelo testemunho deste jovem (veja o artigo abaixo), que sim, este me fez vibrar e ver o quão miserável, inconsequente, resmungão, pobre, cego e nu eu sou. Recebi um “tapa na cara”. Pensei – confesso – em primeira-mão: O que diriam os “paipóstolos” “patriarcas” e tantos outros que se gabam nacionalmente de que a mão do Senhor está com eles (como se Deus estivesse somente lá, e, por ser assim, é o lugar mais verdadeiro e único que existe) sobre a vida deste homem? Que decretam e desmandam em nome de Deus, lançando mão da confissão positiva?

Isto sem mencionar nas miríades de gente por aí que acham que Deus lhe deve alguma coisa, gritando e berrando que “querem de volta o que é seu”; “que o milagre vai acontecer, tem que acontecer” e etc.

Acho que não é necessário mais falar sobre isto. Leia você mesmo o testemunho, e junto comigo exultemos nas bênçãos que o Senhor tem nos dados, não importando o que passamos aqui nesta vida.

Testemunho: Com paralisia cerebral, cristão se apóia na fé e enfrenta as dificuldades do dia-a-dia

roger-flournoy-200x204Roger Flournoy Junior é um cristão norte americano que convive diariamente com uma série de dificuldades. Por ser portador de paralisia cerebral. Flournoy mora em Austin, no Texas, e conta que sua fé em Cristo é o que o faz enfrentar as dificuldades do seu dia-a-dia, e encontrar sentido na vida.

Em um vídeo publicado no Youtube, o cristão conta como detalhes de seu dia, e como se apoia na fé para superá-los. Ele revela que muitas pessoas não entendem o que é paralisia cerebral, e por isso o tratam de maneira diferente.

– Um monte de gente inclusive tem medo de mim ou se sentem muito desconfortáveis ao meu lado – detalha, contando ainda que isso muito o machuca, e que ele tenta ser amigo de todo mundo.

– A pior coisa é a solidão. Eu me transformo no meu pior inimigo quando me deixo sentir solidão. Mas Jesus significa tudo para mim. Sem Jesus eu sei que já teria cometido suicídio, porque viver sem Jesus não vale a pena – revela Flournoy, segundo tradução do blog O Contorno da Sombra, revelando ser a fé o que o sustenta, principalmente nos momentos mais difíceis.

– Tempos difíceis aparecem todos os dias. Na maioria das vezes eu tento nocauteá-los porque o evangelho mudou a minha vida de uma maneira maravilhosa que eu nunca conseguirei entender em sua plenitude. A adoração é a minha vida. Deus me criou para adorar – completou Roger Flournoy, que finalizou dizendo: – Jesus pagou o máximo preço e se eu não adorá-lo totalmente é como se eu não agradecesse por Ele ter morrido por mim. E isto é tão poderoso. Um dia eu estarei na eternidade com Deus.

Anúncios
maio 2013
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
%d blogueiros gostam disto: